Início » Santos Católicos » História de Santa Madre Paulina

História de Santa Madre Paulina

história de santa paulina

A história de Santa Madre Paulina pode ser de grande inspiração, principalmente para os jovens de hoje em dia que sentem algum tipo de dificuldade ao se comprometerem com a fé ou com a religião católica, ou cristã.

Por mais que nem todas as pessoas consigam seguir com firmeza a religião, outras já nascem para este fim, sem que consigam se desvencilhar disso em nenhum momento de suas vidas, sempre agindo com amor, compaixão e fidelidade a Deus.

Se você é ou conhece alguém que é firme na fé ou que gostaria de ser, mande a esta pessoa a biografia de Santa Paulina, isso pode servir como uma grande inspiração!

História de Santa Madre Paulina

Santa Paulina
dia: 9 de Julho
Fundadora: da Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição (https://ciic.org.br/)

Nascida em 16 de dezembro de 1865 em uma cidade localizada ao norte da Itália, Santa Madre Paulina veio de uma família bastante pobre, que vivia sobre grandes dificuldades, mesmo no povoado italiano em que se estabilizo

No entanto, os problemas financeiros não eram as únicas preocupações da família, que lutava com as piores crises de pestes que o mundo já viu naquela região. Já não sabiam mais o que fazer e por isso decidiram se mudar da cidade.

Chegada ao Brasil

A chegada de Santa Paulina no Brasil se deu quando ela ainda era muito pequena com apenas 10 anos, por isso não sofreu tanto com esta mudança. Tinha ainda menos de dez anos quando chegaram ao solo brasileiro.

Aqui chegando, foram morar em um local bastante pobre, junto com vizinhos buscavam fazer sempre trocas de alimentos para que pudessem se manter de forma mais completa, já que a vida era muito difícil e eles muito pobres.

Paulina, junto com uma amiga, sempre orava, mesmo com a pouca idade. A sua diversão era passar as tardes na capela da região, orando pela prosperidade e pelo bem de toda a sua família e também dos seus vizinhos.

A missão

A missão de Santa Madre Paulina começou a se tornar evidente quando ela passou a dar aulas de catequese para os outros jovens de seu pequeno povoado, já que o padre notou que ela realmente possuía a garra necessária para servir a fé.

Ela foi se tornando cada vez mais conhecida por seu talento pastoral e por suas boas intenções na fé, se tornando uma referência para todas as pessoas que a cercavam naquela época.

Além disso, junto com a sua amiga, mencionada no início da história, ela trabalhava em várias causas diferentes, sempre buscando ajudar a todas as pessoas que ela conhecia, dando sempre o seu melhor!
Não havia nada que fizesse com que ela parasse de orar ou ajudar os menos afortunados que ela, ela estava sempre disposta a agir!

 Madre Paulina
Madre Paulina

O hospital

Como Santa Madre Paulina sempre buscava ajudar os pobres, fazia isso também por meio da ajuda à saúde, ou seja, buscava levar sempre a cura a todas as pessoas que pudesse ajudar. Com isso conseguiu, com a ajuda de alguns crentes de seu povoado, construir um hospital bastante humilde.

O pequeno hospital era feito apenas de madeira, mas ainda assim ajudava as pessoas que não podiam pagar por ajuda médica. Assim ela salvou a vida de muitas pessoas que estavam sofrendo.

A inspiração

Como a fé da história de Santa Paulina serviu como uma grande inspiração, boa parte das pessoas de seu povoado se sentiram grandemente comovidas a ajudarem também, de modo que  pequeno hospital começou a se tornar cada vez mais alvo de contribuições.

A grande fé do povo fazia com que o hospital prosperasse mais a cada dia, se tornando um verdadeiro bem para todas as pessoas que ali caíam doentes. Estes pacientes não recebiam apenas cuidados humanos, mas também eram alvo de orações das pessoas.

Indústria de seda

Por mais que a fé dela e de sua amiga fossem enormes, ainda era necessário se manter financeiramente, por isso começaram a trabalhar em uma pequena indústria de seda para que conseguissem dinheiro.

O sucesso e a morte

Ainda assim, trabalhando em São Paulo e arcando com as responsabilidades da vida, Santa Paulina nunca deixou de fazer com que as pessoas fossem cuidadas e protegidas por sua fé.

Ela sempre cuidou e foi muito caridosa com todas as pessoas que cercavam o seu caminho, mas em um momento ficou adoentada e acabou ficando cega. Ainda assim, ela nunca deixou de agradecer e confiar em Deus!

A parte mais importante desta história é o fato de que a santa se tornou forte na fé mesmo enquanto ainda muito jovem e simplesmente nunca deixou de acreditar!

Confie e espere, assim você poderá se tornar muito abençoado e bem visto diante de Deus e diante de todos os santos.

A história de Santa Madre Paulina serve para que aprendamos a louvar enquanto as coisas são fáceis, ou até mesmo quando são difíceis. Confie e espere, quem ora só tem a ganhar!

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *